Top 15 | Os melhores animes da década: futuros clássicos (2011-2020)

Falar em “futuros clássicos” é difícil quando há uma quantidade enorme de títulos que mereceriam ser chamados assim. No entanto, para figurarem nesta lista, era necessário que as obras cumprissem três critérios principais, ainda que fosse em maior ou menor medida (além de, é claro, terem sido assistidas por nós): 1) popularidade; 2) boa recepção pela crítica e 3) notável engajamento do fandom.

Se não estivéssemos falando sobre os melhores animes da década, obras de grande popularidade e com um notável engajamento por parte do fandom já poderiam ser consideradas como clássicas, vide Sword Art Online, Tokyo Ghoul e afins. Não há dúvidas de que esses animes foram porta de entrada para muita gente e que definiram uma nova geração de fãs. Mas, como neste especial a qualidade também importa, faremos o corte um pouco acima.

bannerffa0dbf629b2d2b30bc208e699964c05

Boku no Hero Academia (2016-2019) [Mari]

Com a finalização de grandes sucessos da Weekly Shōnen Jump, como Haikyuu!!, Kimetsu no Yaiba e Yakusoku no Neverland, publicados mais ou menos no mesmo período, parece seguro afirmar que, ao menos dentre os títulos da última década, Boku no Hero Academia se consolidou como um dos carros-chefe da revista e deverá assim permanecer: já são 28 volumes publicados no Japão (3 a mais que KnY e 8 a mais que YnN, cujos ciclos já foram encerrados) e o anime está caminhando para a sua quinta temporada, além de ter tido mais um filme anunciado. É uma franquia com um enorme sucesso mundial e que não vejo desaparecendo em um futuro próximo. Devido a sua popularidade, longevidade e boa recepção pela crítica, que o nomeou para o Manga Taisho Awards em 2015, a 40ª edição do Annual Kodansha Manga Awards e a 44ª edição do Annual Angoulême International Comics Festival em 2016 e o Sugoi Japan Awards de 2017, entre outros, Boku no Hero Academia será lembrado como um clássico da década na categoria de shounen de batalha.

bannerHaikyuu

Haikyuu!! (2014-2020) [Lucy]

Numa década cheia de animes esportivos, Haikyuu!! conseguiu se destacar como um dos mais fortes da lista. Os clichês do gênero são muito bem executados, desde os momentos de empolgação das partidas, até os episódios slice of life com o time. O diferencial é que Haikyuu!! não para no básico, demonstrando essa força acerca dos outros que mencionei. Não à toa que conquistou tantos fãs — a primeira temporada é o anime de esporte mais assistido do MyAnimeList, e o único a ter mais de um milhão de membros dentro do gênero. Meia década e quatro temporadas depois, ainda tem um fandom extremamente ativo e apaixonado, a ponto de diversos termos relacionados ao anime surgirem nos assuntos mais comentados do Twitter toda semana após o lançamento de um episódio novo – isso sem contar o fato de que o mangá, que já vendeu mais de 45 milhões de cópias desde o início de sua serialização, vem se mantendo no Top 10 de obras mais vendidas no Japão há sete anos consecutivos. Pelo andar das coisas, creio que a popularidade de Haikyuu!! ainda continuará por um bom tempo.

bannerterritoriotpa jojo

JoJo no Kimyou na Bouken (2012-2019) [Lucy]

Sim, é isso mesmo que você está lendo! Esse post é uma referência a JoJo!

Piadas à parte, é incrível a força de uma adaptação em anime. No caso de JoJo, conseguiu criar um fandom ocidental gigantesco para um mangá de mais de vinte anos que até então era amplamente ignorado por aqui. Não creio nem que seja correto chamar o título de “futuro” clássico, visto que já faz décadas que é considerado como tal no Japão. A adaptação pelo David Production só ajudou a cimentar o que muitos já sabiam há tempos: independente de qual parte que você esteja assistindo, JoJo é uma experiência única e influenciou muito do que consumimos da indústria hoje em dia.

bannerfkHpHKa8ZRvgXF3EvLfxXJwxEUD0Uw9ky_kPrNcD6QQyb04yQAMRXyfvEQlsNFjICSNXLg0T5GTqT6y2Kngn9_U26f7NNedwBXmVKpFEXm0zUd2kU-vBZjksUiAaW6pb

Kaguya-sama wa Kokurasetai: Tensai-tachi no Renai Zunousen (2019-2020) [Lucy]

Não creio que muitas pessoas imaginavam o sucesso que Kaguya-sama faria com seu anime. Mesmo que o mangá já tivesse recebido alguns prêmios, como o Tsugi ni Kuru de 2017 (e o 65º Shogakukan Manga Awards, mas esse já foi após a primeira temporada), não era um título com muito hype entre o público geral. Não foi preciso muito para se provar, no entanto: na metade do primeiro cour, já recebia bastante atenção. À medida que o anime ganha novos episódios, os fãs vão surgindo. Ao final da segunda temporada, os nomes de alguns personagens até entraram nos assuntos mais comentados do Twitter. Se esse ritmo de crescimento se mantiver ao longo da futura terceira temporada, será muito merecido, pois na minha opinião Kaguya-sama é a melhor comédia romântica dos últimos tempos.

bannerDemon-Slayer-Kimetsu-no-Yaiba

Kimetsu no Yaiba (2019) [Lucy]

Muita gente tem brincado sobre Kimetsu no Yaiba ser uma alucinação coletiva, mas acreditamos que ele irá resistir ao teste do tempo após a febre passar. Além de todo o clamor pela adaptação em anime, que de fato foi um ótimo trabalho do estúdio ufotable, é impossível negar que tem algo no enredo que levou o mangá a vender cerca de 120 milhões de cópias (para fins de referência, é o mesmo número que Bleach vendeu em seus 15 anos de publicação). Seja pelos personagens carismáticos, pela história simples porém bem executada, ou só pela animação maravilhosa, Kimetsu no Yaiba ainda vai dar muito o que falar nos próximos anos.

bannermadoka-magica3

Mahou Shoujo Madoka★Magica (2011) [Lucy]

Na época de seu lançamento, Madoka Magica foi revolucionário. O plot twist envolvendo o destino das protagonistas influenciou um subgênero inteiro — as garotas mágicas “desconstruídas”, que passam por muito mais dor e sofrimento que as suas colegas mais tradicionais. Apesar do gênero já estar saturado, creio que Madoka ainda se mantém forte frente às obras que influenciou. Se for para assistir um mahou shoujodark”, que seja esse. A união de Gen Urobuchi (Psycho-Pass, Fate/Zero) e Akiyuki Shinbo (Monogatari Series, 3-gatsu no Lion) foi um sucesso com o público, vendendo dezenas de milhares de blu-rays e gerando uma quantidade colossal de spin-offs (é só olhar o catálogo da editora NewPOP). A crítica também gostou da obra, tanto que o anime recebeu um Television Award no 16º Animation Kobe Awards, além do Grande Prêmio em animação no Japan Media Arts.

banner1 ntholAOCQDhx4xtGfpFzsg

Mob Psycho 100 (2016-2019) [Lucy]

Uma coisa é indiscutível: Mob Psycho 100 é um show de animação. Só as sequências fantásticas já seriam o suficiente para argumentar que esse anime será lembrado por um bom tempo, mas não para por aí. Tem um motivo para ele ser tão queridinho da crítica. Em vez de se prender aos poderes sobrenaturais de seu protagonista, MP100 se importa muito mais com o que ele sente do que com o que ele consegue fazer. Mob (o personagem, não o anime) é só um menino em fase de crescimento que quer ser capaz de controlar suas emoções. Apesar das batalhas e dos vilões, o centro da história é o amadurecimento do rapaz e como ele afeta as pessoas ao seu redor. Em outras palavras, é um anime cheio de sentimento, e talvez esse seja um fator tão importante quanto o visual para o sucesso da franquia.

Mas a animação realmente é um escândalo de tão incrível, viu?

bannerone-punch-man-data-segunda-temporada

One Punch Man (2015-2019) [Mari]

Escrito pelo autor de Mob Psycho 100, ONE, e desenhado pelo artista de Eyeshield 21, Murata Yusuke, One Punch Man tem uma vibe um pouco diferente do seu já encerrado contemporâneo. Além de pertencerem a demografias distintas, o aspecto psicológico trabalhado pelo autor em MP100 é menos presente em OPM, onde a aventura e a diversão se sobressaem. Apesar disso, ambas as obras tiveram um enorme sucesso, sobretudo com a produção de seus respectivos animes: OPM pelo Madhouse (e a polêmica continuação com o J.C.Staff…) e MP100 pelo Bones. Ainda que a segunda temporada de OPM tenha tido um impacto menor, vai ser difícil esquecer uma obra do ONE em parceria com o Murata Yusuke, principalmente com a excelente animação recebida por ela.

banner1 H3zgUUXKhvcfxypnKYBUTQ

Psycho-Pass (2012-2019) [Mari]

Psycho-Pass é uma franquia muito louca. O que parecia ser um cult hit, como diria a Lucy, acabou por se tornar uma obra extremamente popular para o gênero policial, lhe rendendo o quarto lugar na categoria de melhor título do ano na edição de 2013 do Newtype Anime Awards e, apesar do final fechado da primeira temporada, a franquia não parou por aí: no ano seguinte, além de ter lançado uma versão editada da S1 com cenas extras, Psycho-Pass recebeu uma segunda temporada. Em 2015 ganhou o primeiro filme e, após uma pausa de quatro anos, veio o combo da trilogia de Sinners of the System, a terceira temporada do anime e um novo filme que encerrava o arco iniciado pela S3. A franquia ainda recebeu adaptações para light novel, mangá e alguns jogos. De imediato, eu não consigo pensar em um projeto original que tenha ido tão longe. É claro que em termos de qualidade varia (eu particularmente não gostei da S2 nem do filme 1 da trilogia), mas não acho que Psycho-Pass deixe de ser uma experiência enriquecedora por isso. É um universo que nas mãos certas tem muito a oferecer.

bannerre-zero-kara-hajimeru-isekai-seikatsu

Re:Zero kara Hajimeru Isekai Seikatsu (2016-2020) [Mari]

O isekai da década. Talvez eu esteja exagerando um pouco ao afirmar isso, especialmente na década em que tivemos o boom de isekais? Talvez. Mas é difícil pensar em uma obra do gênero que tenha tido um impacto tão grande quanto Re:Zero kara Hajimeru Isekai Seikatsu. Apesar de estar sujeito a clichês, Re:Zero realmente tem uma história interessante para contar, ainda que esta não seja do agrado de todos. O autor se esforça para fazer algo diferente. Aliás, suscitar fortes emoções por parte do espectador parece ser a especialidade dele, pois foi assim que sua obra conseguiu ser amada por uns e odiada por outros. Eu vou ser sincera ao dizer que às vezes ele exagera e torture porn não é realmente a minha praia, mas até aqui o enredo tem compensado e por isso devo continuar acompanhando a jornada de Natsuki Subaru.

bannerAttack-on-Titan-temporada-3-Shingeki-no-Kyojin-temporada-3

Shingeki no Kyojin (2013-2020) [Mari]

Shingeki no Kyojin*suspira*. Alguém tinha que falar sobre essa bomba, né? Bem… não há dúvidas de que SnK é um dos grandes shounens da década (embora o mangá tenha iniciado a sua publicação em 2009). Ele foi vencedor do Kodansha Manga Award em 2011 na categoria de shounen, além de ter sido nomeado a 4ª edição do Annual Manga Taishō Award e as 16ª e 18ª edições do Annual Tezuka Osamu Cultural Prize. Mesmo com a decaída recente, Shingeki no Kyojin continua sendo uma obra bastante popular mundialmente e inclusive está para estrear a sua última temporada em anime em 07 de dezembro deste ano. É realmente uma pena que, na minha opinião, o autor tenha se perdido completamente na sua narrativa – são problemas demais e que não dá pra ignorar. Deixo aqui um texto de 2017 que foi traduzido por nós e que permanece atual:

Vamos Problematizar? | O que está acontecendo em Shingeki no Kyojin?

bannerSteinsGate

Steins;Gate (2011) [Mari]

Steins;Gate é uma adaptação da visual novel de mesmo nome e aclamada pela crítica produzida pela 5pb. em parceria com a Nitroplus. O anime conta com mais de um milhão e meio de membros no MyAnimeList e tem a segunda maior nota do site (9.12). Não me parece exagero dizer que S;G é o grande clássico de ficção científica da década, ainda que alguns aspectos tenham envelhecido mal (como o tratamento da personagem trans, por exemplo).

bannert5cdd5oorh121

Violet Evergarden (2018) [Lucy]

Violet Evergarden é uma produção única. Uma história de autodescoberta, sobre lidar com traumas e emoções, colocada de maneira delicada e emocionante sem forçar a barra. Inclusive, vale comentar que a novel original foi o único trabalho na história do Kyoto Animation Award a receber a premiação principal em qualquer categoria. O ponto alto, no entanto, é a animação belíssima (e extremamente trabalhosa!) que não conseguiria ser realizada por qualquer estúdio que não fosse o Kyoto Animation. É o tipo de anime que rompe as barreiras do nicho e que é fácil de recomendar para qualquer um, porque tem um pouco de tudo.

Apesar de um pouco longo (cerca de uma hora), recomendo esse documentário que explica porque Violet é uma produção tão singular.

banneriibuZDYXIC2bUci6lsgYVGDnhYP

Yahari Ore no Seishun Love Comedy wa Machigatteiru. (2013-2020) [Mari]

Vencedor do Kono Light Novel ga Sugoi! nos anos 2013, 2014 e 2015-2016, quando foi incluído no Hall da Fama do guia anual de light novels publicado pela editora Takarajimasha, Yahari Ore no Seishun Love Comedy wa Machigatteiru. é tranquilamente a comédia romântica mais popular dos últimos anos. Não só a LN vende que nem água, como o anime também (não é à toa que recebeu três temporadas). A meu ver, esta popularidade é totalmente justificada quando consideramos a qualidade da obra, que tem uma escrita diferenciada e sabe muito bem trabalhar os seus personagens – o único “defeito” é que a história não terminou com um OT3.

bannercharaMainVisual.0

Yuri!!! on Ice (2016) [Lucy]

Às vezes, tudo o que uma história precisa para ser cativante é diversão. Claro que isso não é o suficiente para carregar um anime inteiro, mas ser certeiro em alguns aspectos já ajuda bastante. É o caso de Yuri!!! on Ice, que apesar de uma animação sofrida e um roteiro um tanto corrido, consegue compensar pelos personagens. Como anime de esporte, pode deixar a desejar, mas é um romance muito meigo e bem-humorado. Ainda é um dos poucos exemplos de anime mainstream centrado num casal LGBT+, também, e esse é um fator que só aumenta sua fama entre o público geral. O impacto da obra no fandom foi estremecedor, com votações populares dando prêmios ao anime tanto no Ocidente, quanto no Oriente. Com um filme a ser lançado Em Breve™, é certeza que esse furor não se aquietará tão cedo.

Um comentário em “Top 15 | Os melhores animes da década: futuros clássicos (2011-2020)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s